Abaixo ao Preconceito

Olá pessoas,

Hoje, lendo uma reportagem (no site G1) sobre o preconceito contra homossexuais nas corporações militare/policiais, parei - mais uma vez - para pensar sobre o assunto.

É um absurdo tremendo, em pleno 2010, as pessoas julgarem o próximo - como se tivessem esse direito - por questões como opção sexual, cor, religião, posição social... Enfim, por qualquer motivo que torne o próximo 'diferente' de si mesmo.

Preconceito existe sim, e uma das definições para tal, de acordo com o dicionário Aurélio (2ª ed, 44ª impressão), é: preconceito - "conceito ou opinião formados antecipadamente, sem maior ponderação ou conhecimento dos fatos; idéia preconcebida".

Ou seja, uma idéia que um indivíduo faz de outro, baseado - talvez - em crendices/paradoxos/ estereótipos que se criam e são tomados como absolutos.

Sempre digo que não existe uma única verdade, assim como ninguém é igual a ninguém. E a formação de conceitos de outrém deveria ser feita aenas após um certo tempo de convívio, para que se conheça o outro, e não simplesmente generalizar 'tribos', credos, raça, e outros.

Abaixo ao preconceito em todas as suas formas e nuances.

E abaixo, reportagem do G1 sobre o preconceito contra militares/policiais.

***
A presença de homossexuais no serviço militar é alvo de críticas não somente nas Forças Armadas, mas também entre os que lidam diretamente com a população nas ruas: os integrantes das polícias militares. PMs gays afirmam que sofrem com o preconceito e, em alguns casos, preferem esconder a opção sexual.
Nesta quarta-feira (10), o Senado aprovou a indicação do general Raymundo Nonato Cerqueira Filho para o Superior Tribunal Militar (STM). Durante sabatina do Senado, no início de fevereiro, o general afirmou que a tropa não obedece a militar homossexual, o que gerou reações de diversas entidades, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e de associações que defendem os direitos de homossexuais (leia o texto completo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião...
Apenas tenha bom senso e seja educado(a)

:)