Então não me conte seus problemas


Conversar com alguém que você gosta, tem apreço, é algo tão gostoso e prazeroso. Mas quando eu digo conversar é CONVERSAR MESMO.

Porque não sei pra você, mas para mim uma conversa é uma troca de idéias, informações, dúvidas... conselhos, risos, piadas, falar mal dos amigos... saber das novidades... Enfim, a conversa é uma via de mão dupla, na qual as duas (ou mais pessoas) dão suas contribuições e interagem (de preferência de forma harmoniosa e alegre, hehe, porque senão pode ser uma discussão, o que nem sempre é produtivo).

E as vezes fico passado com pessoas que querem 'conversar' e quando perguntam:

Pessoa: Oi, tudo bem?

R: Tudo, E VOCÊ ?

Nooooooossa, neste momento (do e você ?) se segura, porque lá vem aqueeeeeeela avalanche de informações, desabafos, fofocas, solicitação de conselhos, mais desabafos, mais fofoca, mais informações - na maioria das vezes inúteis - e uma série infindável de palavras soltas e desconexas que muitas vezes não fazem nem sentido para quem fala, muito menos pra quem ouve...

E eu na maioria das vezes até fico quieto, ouvindo, porque parece que pessoas assim sentem uma necessidade tão grande de falar, desabafar, que mesmo que peça seus conselhos não vai deixar você falar... Então me calo - até quando não aguento mais - e ouço.

Infelizmente tem muita gente assim, e quando tenho que ser grosso sou realmente tachado de grosso, COISA QUE NÃO SOU.

Agora sinceramente, não quero simplesmente ouvir os seus problemas, não quero saber porque fulano de tal te traiu com a vagabunda da amiga da vizinha da filha da sua madrinha...

Já tenho meus problemas pra cuidar, então não seja egoísta me contando todos os seus.

E só fico me perguntando; Será que sou egoísta por não querer servir de porta trecos do desabafo alheio??

Espero que não.

:D

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião...
Apenas tenha bom senso e seja educado(a)

:)