Steve Jobs morre aos 56 anos.


Cheguei em casa e lí a notícia na Globo.com (meu F5 diário passa necessariamente por lá) da morte de Steve Jobs (05/10). Bom, o cara não precisa ser apresentado, pois foi um dos maiores visionários em termos de tecnologia e inovação. Comandou uma empresa gigante (a Apple) durante anos e só se afastou para se tratar de um câncer... Enfim, o cara fez um ótimo trabalho, tanto que estamos aí com uma empresa reconhecida mundialmente e que, se tudo der certo (e torço pra isso), vai continuar assim nas mãos de Tim Cook, que está no comando da Apple. Enfim, abaixo a matéria retirada do G1.
Fonte: G1.
--
Morreu nesta quarta-feira (5) aos 56 anos o empresário Steven Paul Jobs, criador da Apple, do estúdio de animação Pixar e pai de produtos como o Macintosh, o iPad, o iPhone e o iPad.
Idolatrado pelos consumidores de seus produtos e por boa parte dos funcionários da empresa que fundou em uma garagem no Vale do Silício, na Califórnia, e ajudou a transformar na maior companhia de capital aberto do mundo em valor de mercado, Jobs foi um dos maiores defensores da popularização da tecnologia. Acreditava que computadores e gadgets deveriam ser fáceis o suficiente para ser operados por qualquer pessoa, como gostava de repetir em um de seus bordões prediletos era "simplesmente funciona" (em inglês, "it just works"), impacto que foi além de sua companhia e ajudou a puxar a evolução de produtos como o Windows, da Microsoft.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião...
Apenas tenha bom senso e seja educado(a)

:)