"Ser vadia é ser livre"

Fonte: Época.

Em meio a tanto bla bla blá, vale a pena ler entrevista da Valesca na Época...

--
Depois de Simone de Beauvoir, Betty Friedan e Naomi Wolf, Valesca Popozuda. Desde que fez de “Beijinho no ombro” o grande sucesso do início de 2014, a funkeira carioca do Irajá começou a falar de feminismo em suas entrevistas e abraçou a campanha contra a violência sexual contra as mulheres. Com toda a razão, só faz o que manda seu coração. “Deu vontade de fazer, faça! Não se arrependa!", diz Valesca, de 34 anos. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião...
Apenas tenha bom senso e seja educado(a)

:)